5 Dicas para cobrar mensalidades na quarentena

Tempo de leitura: 4 minutos

Com o avanço da pandemia do Covid-19 e a necessidade de medidas como isolamento social e a consequente paralisação das instituições de ensino, vemos a necessidade de se adaptar ao novo contexto. O que faz pais e alunos se questionarem sobre a obrigação dos pagamentos das mensalidades escolares durante a quarentena.

10 soluções para sua escola usar na quarentena
Veja as principais ferramentas que podem ajudar sua escola ou curso a continuar as atividades de forma remota no período de reclusão social devido ao COVID-19.

Recomendações da SENACON

Tanto a nível federal, quanto nos estados, existem projetos legislativos para esclarecer as medidas necessárias quanto à cobrança de mensalidades escolares durante a pandemia do coronavírus.

O Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (SENACON), recomenda que ”consumidores evitem o pedido de desconto de mensalidades a fim de não causar um desarranjo nas escolas que já fizeram sua programação anual, o que poderia até impactar o pagamento de salário de professores, aluguel, além de prejudicar a possível reposição dessas aulas futuramente.”

O SENACON também instrui que haja um diálogo entre o responsável financeiro e a escola sobre a cobrança das mensalidades nesse período, procurando as melhores soluções para um acordo contratual, pois nesse sentido a lei pode ser distinta para cada situação e a decisão final vai depender de um deferimento jurídico.

Dicas para cobrar mensalidades na quarentena

Sabemos que o momento atual é delicados, mas o pagamento da mensalidade é fundamental para a manutenção das atividades das instituições de ensino. Selecionamos 5 dicas para você cobrar mensalidades durante a quarentena:

1. Diálogo constante com responsáveis financeiros

Com este período tão delicado, a inadimplência escolar se apresenta como um dos impactos mais prováveis da crise. Uma das medidas aconselháveis é que o setor de cobranças da escola entre em contato com os responsáveis financeiros para passar um feedback da situação financeira dos seus clientes.

Esse tipo de ação reforça o compromisso do pagamento das mensalidades escolares, além de possibilitar um diálogo imediato entre cliente e fornecedor. É importante ouvir as particularidades de cada caso para que o cliente sinta que a escola se importa e está aberta a ouví-lo e negociar novas condições.

2. Facilite as formas de pagamento

A mais utilizada neste momento será o boleto, principalmente, com pagamentos via Internet Banking. Há formas de pagamentos utilizando os bancos digitais, cartões pré-pagos, transferência bancária, entre outros. Veja a que mais se adequa ao seu cliente para manter mensalidades escolares durante a pandemia.

3. Automatize a cobrança de mensalidades

Utilize uma ferramenta para gerenciar pagamentos de forma automatizada: O Proesc.com, por exemplo, tem a funcionalidade de cobrança automatizada e já aumentou o número de lembretes e cobranças enviadas automaticamente para os responsáveis financeiros, para ajudar sua instituição a não perder nenhum pagamento e evitar a inadimplência.

4. Faça adaptações e mantenha as atividades

É importante que as escolas busquem soluções para adaptar as atividades pedagógicas, como uma forma de provar o esforço e trabalho, assim, justificando a manutenção da mensalidade. Se houver necessidade, em uma conversa de negociação, vale reforçar isso ao responsável.

Consultoria COVID-19 do Proesc.com
Solicite a consultoria GRÁTIS do Proesc sobre ações que sua instituição de ensino pode adotar devido ao COVID-19

5. Busque outras alternativas

A escola pode optar por adiantar as férias dos alunos para o período de paralisação. Se não puder, pode escolher por parcelar os meses suspensos nos outros meses de parcelas normais, buscando equilibrar o valor nos próximos meses. Assim a escola não se prejudica e pais e alunos não acumulam dívidas das mensalidades escolares durante a pandemia.

É necessário que haja compreensão, empatia e tolerância de todos os lados. Tanto pais, alunos, professores e gestores escolares estão sofrendo os impactos da crise gerada pela pandemia do coronavírus.

O ideal neste momento é sempre optar pelo diálogo para que esses impactos possam ser minimizados, principalmente em relação às mensalidades escolares durante a pandemia. O Proesc.com está sempre buscando novas estratégias para auxiliar as instituições neste momento tão delicado. 

Assine a newsletter do Proesc

Gostou de saber sobre as alternativas trabalhistas que sua instituição de ensino pode adotar nesse momento.? Então assine a newsletter do Proesc e receba conteúdos, dicas e novidades do mundo educacional!

LEITURAS ALTAMENTE RECOMENDADAS:

Cartilha: Tudo o que sua escola precisa saber para a prevenção contra o novo coronavírus (COVID-19)

Coronavírus na escola: 4 dicas para minimizar os impactos das paralisações

Planejamento escolar: 6 passos para sua escola ter sucesso

Aproveite e curta também o nosso Facebook, siga-nos no Twitter e no Instagram e acompanhe nosso canal no Youtube!

Para curtir o Proesc no Facebook, é só clicar no botão Like Page a seguir.

O que achou desse conteúdo? Deixe seu comentário