Como aplicar o Ensino Híbrido na educação infantil

Tempo de leitura: 6 minutos

Não é de hoje que o ensino híbrido tem sido amplamente difundido pelo seu método de ensino inovador, onde é possível aliar as aulas presenciais, com o online para um melhor aproveitamento escolar. Mas você sabe como aplicar o Ensino Híbrido na educação infantil?

Para entender sobre o conceito e como esse método de ensino funciona, leia o artigo: “Saiba o que é e como aplicar o ensino híbrido”. Clique aqui para conferir.

De um tempo para cá, desde muito cedo, as crianças têm tido acesso facilitado às tecnologias. Celulares, tablets e computadores já fazem parte do cotidiano das novas gerações.

Inserir esses elementos na educação infantil fará com que as crianças tenham um aprendizado otimizado e extraiam o que há de melhor nos dois mundos: o online e offline.

É importante ressaltar, que para aplicar o ensino híbrido na educação infantil, é necessário que o uso das tecnologias sejam sempre orientadas e supervisionadas pelos educadores, e não apenas disponibilizá-las para os alunos.

LEITURA RECOMENDADA: Tecnologia na educação infantil: como as escolas devem lidar?

Vantagens do ensino híbrido na educação infantil

Primeiramente, o ensino híbrido proporciona um aprendizado personalizado para cada aluno, pois o estudante possui flexibilidade de ambiente e horário para estudar, sem deixar de lado as interações sociais (presencialmente) com seus professores e colegas de classe.

Além disso, as crianças podem vivenciar novas experiências com o uso das ferramentas online, o que contribui para o desenvolvimento de diferentes habilidades.

Outro grande benefício em usar esse modelo de ensino é a autonomia e responsabilidade proporcionada aos alunos para a realização de tarefas, pois eles podem escolher o seu ambiente de estudo.

Os alunos podem fazer suas atividades nos laboratórios ou outras dependencias da escola, e até mesmo, em casa, utilizando ferramentas online como o celular, tablet ou computador.

Isso fará com que eles tenham maior capacidade de coordenar suas tarefas do dia a dia e aprimorar a sua disciplina, resultando em um rendimento superior.

Os pais e/ou responsáveis também podem estar mais inseridos na vida escolar das crianças com esse método de ensino, através de atividades que podem ser entregues via portal do aluno, agenda escolar, e-mail, ou até mesmo, por videochamada.

LEITURA RECOMENDADA: Portal do aluno online: qual a importância para a escola?

Aplicando o ensino híbrido na educação infantil

Agora que você já sabe as vantagens desse modelo de ensino, veja algumas sugestões de como ele pode ser aplicado na sua instituição de ensino.

Comece fazendo pesquisas e planejamento para levar essa metodologia de ensino para a sua escola.

No planejamento, você deve inserir quais serão os custos do investimento estrutural e tecnológico da escola, não podendo esquecer da formação continuada para os professores se capacitarem para aplicar essa nova metodologia.

É importante frisar que se a sua instituição de ensino não tiver muitos recursos para investir em um laboratório com diversos computadores, não se desespere, comece aos poucos.

O mais importante é que os equipamentos e materiais tecnológicos estejam disponíveis para quando os alunos precisarem, mesmo que sejam poucos.

Existem diversas formas de aplicar o ensino na educação infantil. Listamos alguns exemplos de como você pode trabalhá-lo em sua instituição de ensino. Confira:

Sala de aula invertida

A sala de aula invertida consiste em estudar determinado assunto em casa, de forma online, e complementar tal conteúdo com discussões, dinâmicas em grupo, entre outras propostas, presencialmente na sala de aula.

A ideia é que o aluno já chegue na escola tendo conhecimento prévio do assunto a ser estudado em sala de aula.

Exemplo: A professora envia para os pais/responsáveis o tema a ser estudado, junto com uma atividade para que o aluno tenha contato prévio com o assunto.

Assim, quando a criança estiver em sala de aula, a professora dará continuidade ao estudo do conteúdo com a classe completa, trocando experiências e aprofundando o assunto.

Rotação de laboratório

Nesse modelo, o professor divide a turma em dois grupos para estudar o mesmo assunto, só que em modalidades diferentes de aprendizagem.

Por exemplo: Um grupo pode assistir um vídeo em desenho animado educativo ensinando as letras do alfabeto, ou o próprio professor pode fazer sua explicação sobre o assunto.

Enquanto isso, no outro grupo, as crianças podem usar um computador, celular ou tablet para procurar no teclado as letras do seu próprio nome ou letras específicas. Depois, os grupos invertem seus locais e modelo de aprendizagem.

O intuito desse modelo é que os alunos estudem o mesmo assunto de maneiras diferentes para que assimilem melhor o conteúdo estudado.

Rotação por estações

A rotação por estações pode funcionar na sala de aula mesmo, dividindo-a em pequenos espaços com atividades independentes umas das outras, que envolvam a mesma temática, para que no fim, se complementem.

Nesse modelo, os alunos devem rodar entre as estações. É essencial que em pelo menos uma das estações envolva algum tipo de tecnologia.

Um bom exemplo é trabalhar temas como a água e suas variadas formas, as estações do ano, partes do corpo e suas funções, e por aí vai… Basta usar a criatividade para explorar esse modelo de ensino.

10 soluções para sua escola usar na quarentena
Clique e Baixe Grátis

O ensino híbrido na educação infantil é um “potencializador”!

Percebe-se que o ensino híbrido na educação infantil utiliza diversos recursos, sejam tecnológicos, estruturais ou didáticos para que o aprendizado das crianças se potencialize, tornando-as principais peças da sua jornada estudantil.

LEITURA RECOMENDADA: Avaliação da aprendizagem dos alunos e professores

E não esqueça, que para o ensino ser híbrido de fato, é essencial que o online e o offline sejam trabalhados de forma complementares, não podendo deixar de executar um, ou outro. Assim, pode-se promover uma educação mais dinâmica e personalizada.

Esperamos que este artigo tenha lhe ajudado a compreender esse modelo de ensino com aplicação na educação infantil. Se você gostou, não deixe de compartilhá-lo com educadores e equipe da sua escola.

Assine a newsletter do Proesc

Quer receber em primeira mão os artigos do blog do Proesc.com? Então assine a newsletter do Proesc e receba conteúdos, dicas e novidades do mundo educacional!

LEITURAS ALTAMENTE RECOMENDADAS:

Como adaptar a rotina escolar durante a Pandemia

O que é ensino colaborativo e como aplicá-lo na escola?

9 dicas para elaborar projetos escolares

Aproveite e curta também o nosso Facebook, siga-nos no Twitter e no Instagram e acompanhe nosso canal no Youtube!

Para curtir o Proesc no Facebook, é só clicar no botão Like Page a seguir.

Proesc.com

O que achou desse conteúdo? Deixe seu comentário